Perguntas sobre segurança no Marrocos

Marrocos é perigoso?

Marrocos é perigoso

Não, Marrocos não é um país perigoso. É um mito que os países árabes são um perigo para viajar. É algo que foi ficando através do tempo e as pessoas continuam a falar sem realmente saber.

Há crime em Marrocos nas grandes cidades, tal como em todas as cidades do mundo, mas se compararmos a taxa de criminalidade em Marrocos com outros países, verificamos que Marrocos é um país normal a nível de segurança.

Comparando com o Brasil, o Índice de crime global por país 2019 mostra que o Brasil foi posicionado como o 7º país mais perigoso do mundo, tendo em conta toda a actividade criminosa, assaltos e assassinatos em comparação à sua população.

Os países mais perigosos do mundo são então:

1º Venezuela
2º Papua Nova Guiné
3º Honduras
4º África Do Sul
5º Afeganistão
6º Trinidad e Tobago
7º Brasil

Em Marrocos porém, a realidade é outra. Só se encontra algum crime nas grandes cidades como Casablanca, Fes, Tânger, mas a polícia controla bem o país e o respeito pelas autoridades é uma das coisas constantes presenciais neste reino do Norte de África.

É preciso ter cuidado com carteiristas nos grandes centros turísticos, mas realmente tirando esse fenómeno mundial, ser assaltado com arma de fogo é impossível por exemplo, já que não existe a possibilidade de ter armas de fogo em Marrocos.

Continuando na lista de taxa de criminalidade Marrocos está junto a países como:

36º Egito
37º Marrocos
38º Suécia
39º Iran
40º Equador
41º Ucrânia
42º Vietname
43º Argélia
44º Etiópia
45º Estados Unidos da América
46º Chile
47º Mauritiu
48º Paquistão
49º Tailândia

Sequestram, trocam ou vendem mulheres no Marrocos?

Perguntas sobre segurança no Marrocos

Em todos os países do mundo sequestram mulheres e homens. Mas em Marrocos, enquanto turista, esta questão é ridícula e praticamente impossível de acontecer.

Não. Em Marrocos não se vende, não se comercializam, nem trocam mulheres. É outro mito. Há alguns casos que alguns vendedores de tapetes dizer que podiam trocar a mulher turista por alguns camelos, mas isto é uma brincadeira e uma maneira indirecta de dizer que você é bonita.

Mulher a viajar sozinha para o Marrocos e perigoso?

Mulher a viajar sozinha para o Marrocos e perigoso

Você já deve ter escutado várias mulheres dizerem que têm medo de viajar sozinhas para o Marrocos.

Será que esse receio tem fundamento?

O Marrocos é um país incrível e, por isso, atrai muitos turistas o tempo inteiro. E, como todo local turístico, oferece a devida estrutura para que as pessoas sintam-se confortáveis. Portanto, podemos sim dizer que, o Marrocos é um país seguro para qualquer viajante, mesmo para mulheres que viajam sozinhas.

Existe policiamento em vários cantos para prestar socorro aos turistas com prontidão e simpatia.

Não é preciso ter medo. No entanto, é importante atentar-se a algumas situações e ter bom senso como em qualquer lugar novo que visitamos e que tem suas próprias regras e características.

O primeiro aspecto que as mulheres devem preocupar-se é com suas roupas. Recomenda-se respeitar a cultura tradicional da região e vestir-se de forma discreta. Não é necessário usar roupas que só deixam os olhos de fora. Mas o ideal são vestimentas que cubram dos ombros aos cotovelos, e também costas, barriga e pernas, mesmo que esteja um clima quente no local. Logo, evite o uso de saias, shorts e blusas decotadas.

Os marroquinos são um povo muito simpático e acolhedor. Porém analise com cuidado as intenções de um convite feito por um homem marroquino a você, mulher estrangeira. Conhecer pessoas locais é uma ótima experiência, mas tenha cuidado se pessoas lhe abordarem dizendo que querem ser seus amigos. Normalmente nesses casos, a intenção é levar você a algum estabelecimento em que recebem comissão. Basta recusar educadamente e seguir viagem.

Demonstre determinação e segurança ao transitar pelas ruas. Assim você evita que alguma pessoa mal-intencionada perceba seu medo e venha tirar proveito da sua vulnerabilidade de alguma forma.

Embora a língua oficial do Marrocos seja o árabe, lugares turísticos se comunicam também em francês e inglês.

Diferenças culturais são inevitáveis, e é justamente isso que torna a viagem ainda mais emocionante. Então, não se preocupe e vá sem medo. Tomando as precauções necessárias para sua segurança, você está livre para aproveitar a oportunidade maravilhosa de conhecer e se encantar pelo Marrocos sem estresse!

Como organizar uma viagem no Marrocos em segurança?

Perguntas sobre segurança no Marrocos

Toda viagem exige planejamento e caso seja um destino no Oriente quanto mais informação e conhecimentos sobre a região melhor para aproveitar cada momento novo e sair de situações inesperadas.

Os brasileiros não precisam de visto para entrar no Marrocos e podem permanecer por 90 dias. Só é necessário um passaporte válido por 6 meses.

O fuso horário é de 4 horas a mais que no Brasil. O dinheiro se chama Dirham e pode ser dividido em 100 centavos. A eletricidade é comum com dois buracos, em prédios mais novos é 220 v e nos antigos 110 v.

Em relação a religião, a oficial é o Islã, mas ele coexiste com outras porque a Constituição garante a pratica delas. Há 5 rezas todos os dias. Durante o Ramandan que é quando os marroquinos fazem jejum, o horário de funcionamento dos serviços públicos pode mudar, restaurantes e comércio seguem sem alterações.

A abordagem para vender drogas é muito comum, diga não e siga. Mulheres não devem ficar sozinhas na rua após as 22 horas e elas podem usar um lenço na cabeça como sinal de respeito â cultura do país.

Tome muito cuidado nas ruas porque em alguns lugares não existem sinais e carros quase nunca param. Tenha sempre documentos e passaporte com você. O clima muda muito e por isso é aconselhável levar um pouco de roupa para cada tipo de temperatura, pesquise sobre a região que vai ficar antes de fazer a mala.

Uma mulher pode viajar sozinha no Marrocos?

Uma mulher pode viajar sozinha no Marrocos

Muitas mulheres têm vontade de conhecer o Marrocos e suas maravilhas porém ficam com receio de viajar para o país sem a companhia de uma figura masculina.

Apesar de boatos, o policiamento na região funciona muito bem e de forma rápida quando se trata de atender a demandas de turistas. E com relação ao assédio dos homens locais pelas mulheres turistas basta ter o mesmo cuidado que se tem em qualquer outro lugar, por exemplo, não usar roupas que deixem ombros, barriga, pernas e decotes à mostra, evitar contato visual e não aceitar convites de pessoas desconhecidas.

Além disso, não deixar transparecer insegurança ou que está perdida ao andar em público, não perguntar informações a qualquer pessoa na rua. Quando for a algum passeio, certificar-se de que a fonte é confiável assim como o destino, os frequentadores do local e o transporte que a conduzirá até lá. Dar preferência a lugares que tenham homens e mulheres, e onde tenha mais movimento comercial. Ou seja, cuidados básicos que toda mulher já está acostumada a tomar em cidades grandes.

Abrir chat
Posso ajudar?
Oi, sou o Omar, e estou aqui para ajudar você a reservar sua viagem no Marrocos. Venha daí! Como posso ajudar?